segunda-feira, 7 de novembro de 2011

SOLIDÃO E PRECIPITAÇÃO

.
.
para possíveis casais e amizades duvidosas

A solidão assusta-nos a pele.
Desenha, demográfica,
marcas de chuva. Desaprendida
a cada ano, obriga-nos
como um abrigo feito
de pêlo próprio: palha; jugo
de seu passo o da morte,
queima, sarcástica, certezas.
.
.

Sem comentários: