sexta-feira, 25 de novembro de 2011

NÃO INTERESSA O CONTEXTO

.
.
«Vários autores explicaram a sua existência e o seu constante reaparecimento sob formas diversas, desde o sebastianismo até à «filosofia portuguesa», pelo facto de em portugal se verificar a constante reprodução de elites culturais de formação literária, reduzidas em número de membros, mas afastadas das áreas de decisão política educacional e cultural, e mais afastadas ainda do povo, olhado de maneira paternalista ou então considerado rude, ignaro e irremediavelmente atrasado.»


José Mattoso,
A Identidade Nacional
.

Sem comentários: