quinta-feira, 3 de novembro de 2011

EMIGRAÇÃO CELESTINA

.
.
como dois e dois são quatro
                     Ferreira Gullar


A condição transmuda os significados.
Depois de anos submerso num aquário espinhoso
vou acordando cada vez mais guarnecido
e límbico nesta evaporação a que chamamos
esquecimento (numa almofada interior, insuflável
e húmida). Entre os céus e a superfície da água
vejo-me de bicos de pé, assentes na terra: pescoço
torcido para algures – no outro lado do oceano
e o resto do corpo a encher-se de vento.
.
.

Sem comentários: