sexta-feira, 9 de setembro de 2011

PODE SER UM PRINCÍPIO

.
.

A credibilidade do sistema que vigora nas sociedades ocidentais está a morrer. Sem cair no exagero da inocência, o coro dos crédulos, dos que defendiam curas milagrosas por parte de organismos de resolução como a união europeia ou até o FMI, começa a diminuir. Finalmente, e mais vale tarde do que nunca, a sociedade civil (os indivíduos que a compõem) começa a perceber que as fórmulas mágicas induzem em erro e a solução passa pela discussão e por valores que se têm vindo a perder e por outros necessários a ser criados e defendidos. Nem tudo está perdido, parece-me. Dada a ineficácia de certas medidas empacotadas, mais a falta de esperança comprovada pelas mesmas, sem qualquer tipo de garantias, para já, vivemos finalmente tempos de mudança possivelmente positiva. E isso é notório quando finalmente vemos velhas raposas da retórica alugada a assumir posições surpreendentes e de acordo com a realidade palpável do mundo.
.
.

Sem comentários: