quarta-feira, 1 de junho de 2011

MEIO VASO MEIO HOMEM

.
.
D’escritório
é o papel
do poeta
que escreve
para o encontro
do costume. Só
não tem mono
grama porque
no escritório
o controlo
já aperta.
.
.

2 comentários:

josé ferreira disse...

já escreves caligramas?

Daniel Ferreira disse...

depois de uma pesquisa pela net para responder à pergunta, diz que sim, escrevo caligramas.