quarta-feira, 22 de junho de 2011

INDEPENDÊNCIA

.
.
Do mundo, aceito
a tristeza. Mas quando
o mundo a ela
nos obriga, dispenso a tristeza,
o próprio mundo.
.
.

Sem comentários: