segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

A FESTA DA ABUNDÂNCIA (DÍPTICO DE GRAÇA MORAIS)

.
.

[cf. Mt 6, 26 e Lc 12, 24] 


Olhai as gaivotas que se alimentam
Dos restos da fast-food e dos detritos,
Olhai-as na sua avidez,
Apartando-se umas às outras,
Ferindo-se entre si,
Para acumular mais do que podem conter
Em seus escassos corpos.

E contudo,
Não ocupam altos cargos
Em conselhos de administração
Ou direcções partidárias,
Nem traficam influências
Nos corredores da hipocrisia.

Porventura sereis vós menos do que elas?

.
.
Rui Almeida,
Antologia Nada Onde Pousar o Sonho
.

Sem comentários: