domingo, 23 de janeiro de 2011

DOMINGO

.
.
Um belo dia de sol anémico. O inverno e os seus velhotes, bem vestidos como em manhãs de missa, desperdiçam-se em palavras depois de mais um voto. Pela primeira vez, remorso, não votei; guardarei para a velhice, se ainda existir a par da democracia, a necessidade cabal de justificar os meus dias e as pessoas.
.
. 

Sem comentários: