domingo, 17 de outubro de 2010

TRISTES CONSTATAÇÕES

.
.

«Alguma da tristeza impregnada na cultura tem a ver com esta perda de sentido, de princípios organizadores, algo que nos faça querer entregar-nos. O impulso para a dependência que tem crescido na área cultural só é interessante porque é uma distorção óbvia de um impulso religioso, ou pelo menos um impulso para fazer parte de algo importante. (…) O niilismo da cultura contemporânea deve-se ao facto de nos estarmos a preparar para o fascismo. O que há de bom nos fascistas é que eles dizem-nos o que devemos fazer, o que é importante.»
.
.
David Foster Wallace
.

Sem comentários: