segunda-feira, 30 de agosto de 2010

JÁ NÃO COM ÁGUA PURA

.
.

Na possibilidade de viver
o dia
uma roupa que se
veste uma roupa que se lava
uma roupa que se tira
Não há água
que não
se afirme
no corpo despido
que se suja
.
.

Sem comentários: