sábado, 3 de julho de 2010

 .
 .
Há lugares para onde poderemos fugir
sem que o vulto dos banqueiros
nos atormente
com a absorção do sol
e persiga o futuro que tememos.
(...)

Nuno Dempster
.
. 

Sem comentários: