quinta-feira, 22 de abril de 2010

15 DIAS EM CASA (PARA LER E ESCREVER)

 .
 .


Cortei um dedo,
cinco pontos. Se fosse uma mão,
seriam mais.
Se acaso um braço,
ainda mais. Mas se cortasse o corpo
seria a derrota total, só restariam
pontos para a funerária.
Um verdadeiro exagero.

É esta a aritmética
simples da vida. Nada mais
do que isto:
cortei um dedo
e nada me impede de escrever

cinco pontos
e uma branca ligadura;
a forma correcta
improvável, de segurar todas
as palavras.
.

Sem comentários: