segunda-feira, 22 de março de 2010

UMA FRASE QUE NÃO ARDE MAS CURA

 .
 .
Em certas e indeterminadas alturas da minha vida, não necessariamente hoje, penso: estou cheio desta merda toda! Mas logo a seguir, tentando restabelecer alguma lógica no meu próprio raciocínio, continuo: tão cheio tão cheio que não me consigo sentir vazio. E tudo se resume a isto, a uma causa e a uma consequência - cheias de vigor e solidariedade. 
 .
 .

Sem comentários: