sexta-feira, 19 de março de 2010

A SOLIDÃO

Começo a achar que a solidão das pessoas é a principal razão para a sociedade capitalista de consumo funcionar. Primordialmente, por causa do seu princípio basilar apoiado no sistema socialista que se veio alienando com os tempos, a ideia de que todos devem ser igual a todos, principalmente pela matéria, dando excessiva importância à materialidade. E o erro começa logo aí, na dificuldade, digamos semântica, em compreender essa mesma confusão que nos levou a não discernir, enquanto massas, ocupação com realização pessoal construtiva, extrapolando-nos através do corpo, fazendo-nos esquecer o próprio eu - o sofrimento inevitável de que somos feitos.

   

Sem comentários: