domingo, 7 de março de 2010

I KNOW WE'VE COME A LONG WAY

.
. 
É sempre simpático dizê-lo.
Vocês, os que percorrem as ruas
à procura de uma desculpa para a solidão,
enrodilhados numa falsa sobrevivência
porque não conhecem outra,
merecem todas as minhas palavras.
Todos aqueles ruídos, os prédios inertes
pela noite, os abraços esquecidos
pelo orgulho, foram somente desculpas.
Foi assim nos vossos gestos,
na violência espessa e escondida
do vosso sangue, que encontrei a força necessária.
Não sabia para o que vinha;
e ainda hoje, mais calmo, não o sei.

. 

Sem comentários: